Afinal, queda de cabelo tem solução?

Se você sofre com a queda de cabelo, certamente já deve ter se feito essa pergunta. A queda capilar faz parte do próprio ciclo do folículo piloso e, até certa medida, é completamente normal — no sentido de que esses fios caem para que novos fios comecem a crescer. Até aí, além dos cabelos espalhados na fronha do travesseiro, no chão e no box do banheiro, a situação não chega a incomodar tanto. 

O que passa a ser um problema para muitos homens e mulheres é quando a queda de cabelos é excessiva e o folículo piloso não produz novos fios (ou não consegue manter os fios bem fortalecidos no couro cabeludo por muito tempo), ocasionando falhas e calvície. 

Essa é uma situação que pode se tornar verdadeiramente incômoda e existem vários tratamentos e formas de lidar com o problema disponíveis no mercado. Diante de todas as opções e de muitas promessas que nem sempre surtem efeito, vem a pergunta: afinal, existe solução para a queda de cabelo?

Preparamos esse artigo para ajudar a esclarecer as dúvidas e responder essa questão! 

 

 

Entenda o ciclo capilar

Como já comentamos, a queda de um fio antigo e nascimento de um fio novo é parte natural do ciclo do folículo. Esse ciclo é composto por 3 fases, confira no infográfico:

 

 

Cada folículo é uma estrutura autônoma, ou seja, cada um deles tem o seu próprio ciclo, independente dos folículos vizinhos. Isso faz com que tenhamos folículos em diferentes fases ao longo de todo o couro cabeludo, e é justamente por isso que, normalmente, não ficamos com falhas.

Agora, existem fatores que podem causar alguma perturbação no ciclo capilar, ocasionando queda excessiva, afinamento dos fios e áreas de falhas; além da própria calvície genética. Isso é o que veremos a seguir!

O que causa a perda de cabelo?

 Em primeiro lugar, a avaliação da queda capilar deve ser realizada por um médico dermatologista. Esse é o profissional capacitado para examinar se trata-se de uma queda normal, de um processo genético ou de uma situação anormal de queda excessiva (e, nesse caso, investigar os motivos que estão levando a isso). 

Existem vários fatores externos que podem interferir no ciclo capilar e na formação dos fios, entre eles:

Fora essas situações, uma causa frequente da perda de cabelos é a própria predisposição genética à calvície. Nestes casos, a queda capilar é um processo fisiológico herdado geneticamente, e simplesmente vai se intensificando a partir de certa idade.

Eis a grande questão: é possível prevenir ou retardar esse processo?

Afinal, a calvície tem solução? 

Para contornar a calvície, é possível encontrar no mercado algumas alternativas, como:

 

 

Como SANCTIO funciona

 Agindo estritamente no bulbo capilar, com uma absorção incomparável (graças à sua nanoformulação) e sem efeitos adversos, SANCTIO é um tônico capilar que pode ser usado com a segurança de uma solução não invasiva, biocompatível e inovadora.

Foi desenvolvido por cientistas do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia de Nanobiofarmacêutica (INCT NanoBiofar) da Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG, e pesquisadores da Alamantec, Instituto de Tecnologia sediado no Parque Tecnológico de Belo Horizonte – BHTEC, ao longo de 8 anos de pesquisas.

Os grandes diferenciais de SANCTIO são:

É importante lembrar que SANCTIO atua exclusivamente no folículo do couro cabeludo; dessa forma, não é preciso se preocupar caso o produto tenha contato com a pele de outras partes do corpo (por exemplo, se escorrer na testa durante a aplicação).

Também por esse motivo, é fundamental para a eficácia de SANCTIO que o folículo piloso esteja ativo no couro cabeludo. É aí que a nanoformulação irá atuar, revertendo o afinamento e a perda progressiva do cabelo.

 

SANCTIO na prática!

 

Como a maioria dos produtos antiqueda, os resultados de SANCTIO podem ser percebidos ao longo do ciclo capilar, principalmente com a manutenção da fase anágena. Por isso, é necessário um período mínimo de 4 meses de aplicação diária para começar a ver uma redução da queda capilar (cada frasco de 20ml de SANCTIO tem duração média de 40 dias de aplicações).

O uso mínimo e contínuo é muito importante para o fortalecimento do cabelo. Interrompendo as aplicações, interrompe-se também a nutrição do folículo e todo o processo de renovação dos fios.

Também faz parte desse ciclo de renovação o chamado “Efeito Shedding“: pode parecer contraditório, mas é comum ocorrer um aumento da queda dos cabelos logo no início do uso de um produto antiqueda. Isso acontece justamente por conta da renovação dos fios; ou seja, são os fios menos saudáveis sendo substituídos por outros novos e mais fortes. Caso note esse processo ao usar SANCTIO, não se desespere, pois é normal! Se tiver dúvidas, não hesite em contactar o SAC YEVA pelo Whatsapp: (37) 99860-7202.

Por fim, vale lembrar que SANCTIO é um tônico capilar, que pode ser usado em conjunto/paralelamente com outros produtos para queda capilar, caso existam. Procure seu dermatologista para um aconselhamento individualizado.

Conheça de perto a eficiência do SANCTIO! Clique aqui e saiba mais.

Compartilhar pelas redes sociais